Trump anuncia que Sarah Sanders deixará cargo de porta-voz da Casa Branca

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira, 13, que Sarah Sanders deixará o cargo de porta-voz da Casa Branca no fim de junho para voltar ao estado natal.

“Depois de três anos e meio, nossa maravilhosa Sarah Sanders deixará a Casa Branca e voltará a seu lar no grande estado do Arkansas”, disse Trump no Twitter.

O período informado causou dúvida entre analistas políticos, já que Trump está no poder desde janeiro de 2017. É possível que o presidente tenha considerado a contribuição de Sanders desde a campanha para a Casa Branca.

A filha do ex-governador do Arkansas, Mike Huckabee, passou a fazer parte da equipe do republicano em fevereiro de 2016. Trump elogiou Sanders, chamando-a de “pessoa muito especial com talentos extraordinários”. Além disso, disse que a porta-voz fez um “trabalho incrível” na Casa Branca, sugerindo até que ela se candidate ao cargo que foi exercido pelo pai, governador do Arkansas entre 1996 e 2007.

“Espero que ela decida se candidatar a governadora do Arkansas, seria fantástica”, escreveu o presidente americano.

A relação de Sanders com a imprensa foi bastante conturbada. A última entrevista coletiva concedida por ela ocorreu há três meses, um novo recorde para um porta-voz da presidência americana.

Apesar de Trump não ter anunciado quem será o substituto da porta-voz, é possível que Raj Shah, subordinado direto de Sanders, ocupe o cargo interinamente. A inesperada saída de Sanders ocorre dois meses depois da última baixa no alto escalão do governo americano, quando a então secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, entregou o posto.

(Foto: Efe)