Trio brasileiro ganha milhões em raspadinhas

Maria do Carmo ganhou $ 1 mi e agora enfrenta a fúria de um ex-namorado que a acusa de ter roubado o bilhete

ALLSTON – As loterias de Massachusetts estão dando sorte para alguns brasileiros e dor de cabeça para outros. A mineira Maria do Carmo, 42, foi premiada em setembro com $ 1 milhão na Bonus Cash mas seu ex-namorado, José Pena, afirma que ela roubou seu bilhete, embora a versão seja negada pela nova milionária. Ele quer levar o caso para a justiça para ter direito ao prêmio.

Pena alega que toda semana comprava loterias numa loja de Allston e que deixava os bilhetes com a ex-namorada para que ela raspasse. No início de setembro ele garante que deixou vários cartões com Maria do Carmo e, supostamente, um foi contemplado. Ela garante que não foi nenhum do lote dele.

O brasileiro contratou um advogado, levou o caso à polícia e, agora, tenta impedir que a entrega do prêmio seja concluída. O que chamou a atenção de Pena é que Maria do Carmo está desempregada e não tem o hábito de comprar loterias.

Por sua vez, ela exige que o ex-namorado prove que ela roubou e garante que pode conseguir provas de que comprou o bilhete com seu dinheiro. “Sempre fui uma pessoa honesta”, disse ela, acrescentando que foi ameaçada por Pena. “Estou com medo dele e pedi proteção à polícia.”

Maria do Carmo não foi a única brasileira a se tornar milionária em setembro. Neylor Pereira de Framingham também ganhou $ 1 milhão jogando no“50X Payout”. Ele optou por receber o prêmio em uma única vez e recebeu um cheque de $ 650 mil.

Na mesma cidade de Pereira, Jennifer Oliveira foi premiada com $ 2 milhões na 50X Cashword. Ela quer aplicar parte do valor ganho em seus estudos na universidade.