Suspeito de atropelar e matar brasileiro é preso em Sutton

Daniel de Lima era apaixonado por corrida, segundo amigos (Foto: Arquivo Pessoal)

SUTTON – A polícia de Sutton, em Massachusetts, prendeu nesta sexta-feira, 16, o suspeito de atropelar e matar o psicólogo brasileiro Daniel de Lima, 51 anos, há dois dias.

Shane Newman, 39, de Sutton, vai permanecer detido até segunda-feira, quando deve ser ouvido na Corte Distrital de Uxbridge . Ele é acusado de atropelamento e fugir sem prestar socorro à vítima.

Desde a manhã da quarta-feira, a polícia procurava por uma SUV branca que provavelmente estaria com o lado do passageiro e o capô danificados. As pistas surgiram após a análise dos destroços do veículo que ficaram na cena do crime e das imagens das câmeras de segurança de uma loja de conveniência que capturaram a vítima correndo por volta das 6 horas, a 1 milha do local do crime na Singletary Ave.

Lima foi encontrado caído e inconsciente por volta das 8 horas em frente a uma casa. A moradora acionou as autoridades, mas o brasileiro já estava morto.

Segundo a polícia, o suspeito dirigia um Cadillac SRX no momento da prisão.

Solidariedade

Uma página foi criada no Go Fund Me para ajudar com as despesas do funeral e de sua mulher Junea e o enteado Thomaz, de 9 anos, nos próximos meses. Eles tinham acabado de comprar uma casa em Millbury.

As doações vêm acompanhadas de mensagens de pacientes que o agradecem pelo “apoio em horas difíceis”. Lilian Almeida lembrou que o psicólogo a ajudou a superar a depressão após a morte da mãe. “Ele foi uma benção na minha vida”, escreveu.

Em outra mensagem, Cláudia Tamskly prometeu ao amigo continuar “a luta por justiça social”.

Nas redes sociais, as pessoas também recordam do mineiro de Belo Horizonte como uma pessoa sempre pronta para ajudar e do seu trabalho voluntário em ONGs como a Brazilian American Center (BRACE) de Framingham.