Senador democrata Cory Booker abandona a corrida presidencial

(Foto: AP)

WASHINGTON – O senador Cory Booker deixou nesta segunda-feira, 13,  a disputa para representar os democratas nas eleições presidenciais de novembro, justificando sua decisão por falta de financiamento.

“Infelizmente, eu compartilho esta notícia: tomei a decisão de suspender minha campanha presidencial”, escreveu ele em comunicado.

“Nossa campanha chegou ao ponto em que precisamos de mais dinheiro … um dinheiro que não temos e um dinheiro mais difícil de conseguir, porque não estarei no próximo debate” (na terça-feira), acrescentou.

Com sua retirada, resta apenas um candidato negro, o ex-governador de Massachusetts Deval Patrick, à primária democrata que começou com uma maior diversidade de candidatos do que em outras ocasiões.