PSG deveria me ouvir mais, diz Dani Alves

Daniel é o segundo jogador brasileiro assaltado. Thiago Silva também foi

PARIS – Dani Alves, lateral experiente do Paris St Germain, disse nesta quinta-feira, 11,  que o time deveria seguir suas recomendações para melhorar na Liga dos Campeões.

Com três títulos da Liga dos Campeões, três títulos de Mundial de Clubes e dois triunfos na Liga Europa entre suas conquistas, o lateral é o jogador com mais títulos em atividade, mas sente que sua voz não está sendo ouvida pelos atuais líderes isolados do Campeonato Francês.

O PSG foi eliminado da Liga dos Campeões nas oitavas de final três anos seguidos, perdendo do Manchester United pelo saldo de gols fora de casa nesta temporada depois de vencer a partida de ida por 2 x 0 em Old Trafford.

“Sei como vencer”, disse o brasileiro de 35 anos, que trocou a Juventus pelo PSG em 2017 e está negociando uma prorrogação de contrato para a próxima temporada, à RMC Sport.

“Quando quero dizer algo, gostaria de ser seguido. Não porque sou melhor que qualquer outro, mas porque já passei por isso.”

“Quando alguém já passou por isso, talvez seja bom ouvi-lo, confiar em sua experiência. Talvez funcione, talvez não. Gostaria que, quando digo algo, ouvissem mais”, afirmou.

O PSG está prestes a conquistar seu oitavo troféu na liga francesa, o que pode conseguir no domingo evitando uma derrota para o segundo colocado Lille no campo do rival.

(Reuters)