Prefeito de Nova York desiste de campanha presidencial

Prefeito Bill de Blasio em imagem de arquivo

NOVA YORK – O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, desistiu de sua campanha à presidência dos Estados Unidos nesta sexta-feira, 20, disse que vai apoiar “qualquer candidato indicato pelo partido democrata”.

“Sinto que contribuí com tudo o que eu podia para essa campanha primária e é nítido que não é o meu momento, então eu vou terminar a minha campanha presidencial e seguir com meu trabalho como prefeito de Nova York. Vou continuar a falar pelos trabalhadores”, ele disse em uma entrevista a um programa do canal de TV MSNBC.

O prefeito, que ainda tem mais de dois anos de mandato, dificilmente se qualificaria para a próxima rodada de debates das primárias democratas porque ele não tinha intenção de votos ou fundos arrecadados exigidos pelas regras para poder participar.

De Blasio também disse que vai apoiar o escolhido nas primárias, seja quem for. Dezenove democratas seguem na busca pela indicação democrata, sendo que os líderes das pesquisas são Joe Biden, ex-vice-presidente de Barack Obama, Bernie Sanders, senador federal por Vermont, e Elizabeth Warren, senadora federal por Massachusetts.

O prefeito de Nova York é o sétimo pré-candidato que abandona a corrida desde julho. Antes dele, já desistiram uma senadora de Nova York, um ex-senador da West Virginia, um deputado da Califórnia e outro de Massachusetts, um ex-governador do Colorado e o atual governador do estado de Washington.