Polícia encontra cinco corpos da mesma família em Abington

Condomínio ficou isolado por boa parte do dia para o trabalho dos investigadores Foto: Reprodução CBS

ABINGTON – A polícia de Abington divulgou na manhã desta segunda-feira, 7, ter encontrado os corpos de cinco pessoas num apartamento, todos de uma família de sobrenome Zaccardi. As autoridades informaram que iniciaram uma investigação, mas tudo leva a crer que se trata de assassinatos seguidos de um suicídio.

A tragédia aconteceu num condomínio da 135 Center Ave. Por volta das 7h30min os policiais chegaram ao local e encontraram os corpos de três crianças e dois adultos mortos por ferimentos a bala, de acordo com o promotor público de Plymouth, Timothy Cruz.

Cruz identificou as vítimas como uma mulher de 40 anos, um homem de 43, um irmão e irmã gêmeos de 9 anos e uma menina de 11 anos.

“Este é um acontecimento horrível e terrível aqui para a cidade de Abington e para as crianças das escolas que moram aqui”, disse Cruz durante uma entrevista coletiva.

O promotor esclareceu também que os corpos foram descobertos por outro membro da família que foi até a casa para buscar uma das crianças para a escola.

Uma das vítimas adultas foi encontrada no andar de baixo, no sofá, sangrando devido a um ferimento a bala, segundo Cruz. Ele não compartilhou detalhes sobre as outras quatro vítimas. “Todas as mortes parecem ser resultado de ferimentos a bala”, disse ele.

Em uma declaração, o superintendente de Abington, Peter Schafer, identificou as vítimas como a família Zaccardi.

“Estamos com o coração partido ao compartilhar com você que a família Zaccardi, uma família Abington, morreu inesperadamente na noite passada. Existem três jovens estudantes dessa família em nosso distrito”, disse Schafer. “No momento, não temos outros detalhes sobre o que aconteceu. Este foi um evento inesperado, que entristece profundamente a todos nós. Esta é uma tragédia que afetará toda a comunidade de Abington.”

O gerente da cidade de Abington, Richard Lafond, classificou as mortes de trágicas.

“Como o promotor disse, isso é um crime e também uma tragédia”, afirmou Lafond em comunicado.

“Somos muito gratos aos nossos socorristas, policiais e bombeiros, bem como à administração da nossa escola, que estão tentando lidar efetivamente com pais e alunos. É um verdadeiro esforço da comunidade para lidar com esse assunto. ”

Os membros da família divulgaram uma declaração em nome das vítimas, pedindo privacidade, enquanto lamentavam a “perda insondável”.

“Hoje nossa família sofreu uma perda insondável”, afirmou o comunicado. “Enquanto tentamos entender o tamanho desta tragédia, pedimos que a mídia respeite os desejos de nossa família de ficar em paz, enquanto sofremos nossas tremendas perdas em particular”.