Polícia amplia patrulha próximo a escolas após crescimento de denúncias sobre tentativas de sequestros em Massachusetts

BOSTON – As autoridades de Massachusetts ampliaram o policiamento próximo às escolas após uma série de denúncias nas últimas semanas sobre desconhecidos oferecendo caronas e doces para atrair crianças. Os incidentes mais recentes foram reportados em North Attleboro e Wrentham, sendo que nenhum suspeito foi preso até agora.

Na terça-feira, 25, o Distrito Escolar de Wrentham enviou mensagem telefônica para os pais, informando que um homem de aproximadamente 50 anos, de barba e cabelo brancos ou grisalhos, estava interceptando as crianças ao redor das escolas da cidade.

Na segunda-feira, 24, em outro episódio, um homem teria oferecido carona a um menino em North Attleboro e deixou o local quando o menor recusou a oferta.

No mesmo dia, as autoridades de Chicopee emitiram um comunicado sobre um homem que estaria oferecendo doces para atrair crianças para a sua pickup vermelha, mas não especificou se a ação era próxima a alguma escola.

Dados do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas dos Estados Unidos (NCMEC, sigla em inglês) mostram que em 70% dos casos de sequestro o criminoso usa algum carro, enquanto 31% dos crimes acontecem quando a criança está indo, voltando ou no caminho de atividades relacionadas à escola, geralmente entre 14 e 17 horas.

Na semana passada, na quinta-feira, 20, pouco antes 19 horas, a Polícia de Marblehead postou em sua página no Facebook o pedido de ajuda para localizar um homem suspeito de tentar sequestrar uma adolescente de 16 anos. Ele foi descrito pela vítima como um homem negro ou de origem hispânica de aproximadamente 30 anos.

As autoridades investigam se o caso de Marblehead teria relação com a denúncia de Shayne Nacar, de East Bridgwater, cuja a filha de 11 anos recebeu a oferta de carona ao descer do ônibus escolar no dia 12 de setembro, próximo a sua casa, por volta das 3h15min.

O homem – entre 20 e 30 anos, estatura média, usava barba e um boné vermelho – estava em um Honda Civic cinza, modelo entre os anos de 2016 e 2018, e poderia ser o mesmo veículo descrito pela jovem de 16 anos.

As polícias das duas cidades agora procuram o veículo fotografado por Shayne. Nas imagens, é possível ver um adesivo da Lyft, exclusivo para motoristas do aplicativo de transporte compartilhado.

As autoridades pedem que os pais conversem com os filhos para evitar contato com estranhos. Segundo o NCMEC, a maioria das vítimas tem entre 10 a 14 anos (36%) do sexo feminino (65%).

A organização também confirma que na maioria das vezes (26%) os suspeitos oferecem uma carona, 11% mostram doces, 19% inciam uma conversa, 8% dão dinheiro e 6% usam um animal para atrair as crianças.

LEIA TAMBÉM:  Polícia procura suspeito por tentativa de sequestrar menores em Massachusetts