Patriots dão aula e vencem Steelers em ‘confronto de hexas’

FOXBOROUGH – Uma aula. É simples assim que se define a atuação do New England Patriots contra o Pittsburgh Steelers na semana 1 da NFL. Com todo o merecimento possível, os atuais campeões venceram a estreia na temporada por 33 a 3.

Antes do jogo começar, houve toda a festa do título do Super Bowl LIII. Essa foi a primeira partida no Gillette Stadium, na casa dos Patriots em Foxborough, em Massachusetts, desde que o time conquistou seu 6º troféu Vince Lombardi, em Atlanta, contra o Los Angeles Rams. Por isso, o banner comemorativo do último título foi erguido ao lado dos outros cinco – e a torcida foi ao delírio.

Com a bola em jogo, o duelo entre os únicos dois hexacampeões do Super Bowl não teve nem graça. Tom Brady, soberano, acertou 24 de 36 passes, completando 341 jardas e anotando 3 Touchdowns (TDs)- sem nenhuma interceptação. Assim se tornou o segundo Quarterback com mais TDs na história da NFL, com 520 – empatado com Drew Brees, que joga nessa segunda-feira, atrás apenas de Peyton Manning, que tem 539.

Phillip Dorset foi o principal alvo do craque, recebendo 4 passes, totalizando 95 jardas e marcando 2 TDs. Pelos Steelers, Ben Roethlisberger decepcionou, acertando 24 de 42 passes, completando 241 jardas e sendo interceptado uma vez – sem nenhum Touchdown.

Apenas no primeiro quarto, os Patriots já abriram vantagem de 10 a 0, com um TD de Tom Brady para Josh Gordon e um Field Goal de Stephen Gostkowski.

No segundo quarto, a mesma coisa. Brady agora se conectou com Phillip Dorsett, e Gostkowski converteu mais três pontos na posse sequinte, indo para os vestiários com vantagem de 20 a 0.

Os Steelers sequer tinham chances de tentar, pois já tinham suas tentativas ofensivas contidas muito antes de sequer levarem perigo.

O time de Pittsburgh tentou uma reação e voltou com outra atitude e parecia tentar algo diferente, mas foi parado antes de causar muito dano e uma boa campanha se converteu apenas em um Field Goal, somando os primeiros três pontos do time (e únicos até agora) na temporada com Chris Boswell.

Tom Brady, então, foi impiedoso. Com um lançamento sensacional, de 58 jardas, para Phillip Dorset, o QB alcançou seu TD de número 520 na carreira e empatou com Drew Brees como segundo com mais em todos os tempos.

Ainda no terceiro quarto, Stephen Gostkowski acertou mais um Field Goal, assim como fez no início do último período, abrindo 33 a 3 para os atuais campeões.

Quando os Steelers novamente tentavam pontuar, veio outro balde de água fria. Ben Roethlisberger tentou um TD longo e viu seu passe ser interceptado por Devin McCourty, com pouco mais de 4 minutos restantes no relógio.

(Espn)