Parlamento britânico aprova pedir adiamento do Brexit

(Foto: Reuters)

LONDRES – Parlamento britânico aprovou ontem um adiamento da saída do Reino Unido da União Europeia, por 412 votos a favor, a 202 contra. Agora, a primeira-ministra Theresa May terá que negociar uma extensão do prazo para o Brexit , que estava estipulado para o dia 29 de março.

Parte da mídia britânica afirma que o objetivo do governo é estender o prazo por mais 30 dias, terminando até o dia 29 de abril, antes das eleições para o Parlamento Europeu. Analistas ouvidos pela imprensa britânica, no entanto, dizem que a saída pode se estender por pelo menos um ano – o que obrigaria o Reino Unido a participar das eleições para o Parlamento europeu, que ocorrem em maio.

Ainda ontem, o Parlamento britânico rejeitou nesta quinta-feira (14) uma emenda para postergar a saída do Reino Unido da União Europeia até um novo referendo sobre o Brexit. Por 334 votos contrários contra somente 85, os parlamentares recusaram a promover uma segunda votação.

Os parlamentares ainda rejeitaram uma proposta de transferir ao Parlamento a responsabilidade das decisões sobre o Brexit – uma vitória para a primeira-ministra Theresa May, que continua, portanto, à frente do processo de saída da União Europeia.