Papa Francisco visita Japão e leva mensagem contra armas nucleares

Papa Francisco chega ao aeroporto de Haneda, em Tóquio, Japão (Foto: Mídia do Vaticano)

TÓQUIO – O papa Francisco chegou neste sábado, 23, ao Japão, segunda parada de sua viagem de uma semana à Ásia, com o objetivo principal de levar uma mensagem antinuclear a Nagasaki e Hiroshima, as duas únicas cidades do mundo a terem sido atingidas por bombas atômicas.

Francisco, de 82 anos, é um ativo militante antinuclear que no passado já pediu a proibição total de armas nucleares e deve ler uma mensagem sobre o assunto em Nagasaki no domingo, bem como se reunir com sobreviventes.

“Desejo me encontrar com aqueles que ainda carregam as feridas desse episódio trágico na história humana”, disse o Papa a bispos japoneses pouco depois de sua chegada.

Mais de 100 mil pessoas foram mortas instantaneamente pelas duas bombas lançadas pelos Estados Unidos como medida para encerrar a Segunda Guerra Mundial, em agosto de 1945, e dezenas de milhares de outras morreram nos anos seguintes em decorrência na contaminação por radiação e devido aos ferimentos.