Novo imperador do Japão expressa profundo remorso por Segunda Guerra Mundial

O imperador do Japão, Naruhito, e a imperatriz Masako se curvam em uma cerimônia para marcar os 74 anos da derrota do Japão na Segunda Guerra, em 15 de agosto de 2019 (Foto: Reuters)

TÓQUIO – O novo imperador do Japão, Naruhito, expressou profundo remorso sobre os tempos de guerra do país e orou pela paz global nesta quinta-feira, 15,  ecoando as palavras de seu pai em uma cerimônia anual que marca a rendição de Tóquio na Segunda Guerra Mundial.

Quando herdou o trono em maio, Naruhito, de 59 anos, se tornou o primeiro monarca do Japão a nascer após a guerra. Seu pai, Akihito, foi o primeiro imperador japonês a abdicar ao longo de dois séculos.

“Olhando para o longo período de paz pós-guerra, refletindo sobre nosso passado e tendo em mente sentimentos de profundo remorso, eu espero verdadeiramente que a devastação da guerra nunca se repita”, disse.

Naruhito é o neto do imperador Hirohito, em cujo nome as tropas japonesas lutaram na Segunda Guerra Mundial.