Imprensa americana afirma que ICE começou operações no sábado

(Foto: ICE)

NOVA YORK – As batidas do Serviço de Imigração e Controle de Alfândegas (ICE) dos Estados Unidos que pretendem prender pelo menos 2 mil imigrantes nos próximos sete dias começaram na noite do sábado, 13, um dia antes do previsto, segundo uma fonte ligada à agência informou para a emissora de televisão Fox News.

O informante afirmou que a ação tomou conta de “várias jurisdições”, não apenas a cidade de Nova York.

O porta-voz da Câmara de Vereadores, Corey Johnson, havia dito ontem que agentes rondavam as ruas de Harlem e Sunset Park. “Testemunhas estão falando sobre o ICE tentando entrar em prédios e efetuar prisões sem sucesso. Mas infelizmente não temos fotos ou vídeos para provar.”

Defensores apostam que as orientações de “não abrir a porta” para um agente do ICE se ele não apresentar uma ordem judicial podem salvar muitos imigrantes da prisão. 

De acordo com informações vazadas do ICE, os agentes estão concentrados em endereços fornecidos pelos imigrantes nas Cortes onde estão seus processos imigratórios mas que falharam em voltar às audiências e, assim, são considerados foragidos. 

Durante o “State of Union” da CNN, o diretor do ICE, Ken Cuccinelli, disse que o objetivo da operação é prender criminosos violentos, mas isso “não é um fator que limita qualquer tipo de ação”. 

O ICE não divulgou o balanço da operação até agora em cidades de Chicago (Illinois), Los Angeles (Califórnia), New York e Miami (Flórida).