“Hustlers” levanta US$33 mi em bilheterias na estreia

LOS ANGELES – “Hustlers” (As Golpistas) chegou aos cinemas norte-americanos neste fim de semana e surpreendeu ao arrecadar US$ 33,2 milhões em 3.250 salas, informa a Variety.com.

Impulsionado por críticas elogiosas e boca a boca, o longa “Hustlers” estrelao por Jennifer Lopez superou as expectativas e agora registra a melhor estreia para um filme dos estúdios STX. Dirigido por Lorene Scafaria, “Hustlers” é baseado no artigo publicado na New York Magazine em 2015 que fala sobre um grupo de strippers que vira a mesa após a recessão de 2008 que abalou Wall Street.

Nem todos os filmes recém-chegados tiveram a mesma sorte. “The GoldFinch” (O Pintassilgo), da Warner Bros, adaptado do romance de Donna Tartt, vencedor do prêmio Pulitzer, conseguiu 2,6 milhões de dólares em 2.542 salas de exibição. A bilheteria do filme ficou bem atrás das projeções que estimavam um fim de semana de abertura próximo a US$12 milhões.

O drama misterioso, que custou US$ 40 milhões para ser produzido, é estrelado por Ansel Elgort como Theo, um jovem que se vira para a arte da falsificação depois de perder a mãe em uma tragédia. “The Goldfinch” foi alfinetado pelos críticos depois que estreou no Festival de Cinema de Toronto.

Apesar de um começo azedo para “The Goldfinch”, a Warner Bros ainda domina as bilheterias. Pelo segundo fim de semana consecutivo, “It – Charpter 2” foi o filme número 1 na América do Norte.

A sequência do filme de terror embolsou outros 40 milhões de dólares neste fim de semana, elevando sua contagem doméstica para 153 milhões. Entre “It – Capítulo 2” e seu antecessor, a franquia baseada na obra de Stephen King gerou mais de US$1 bilhão em todo o mundo.

“Angel has Fallen” (Invasão ao Serviço Secreto), da Lionsgate, caiu para o terceiro lugar, somando US$ 4,4 milhões em seu quarto fim de semana.

No quarto lugar, a comédia da Universal “Good Boys” (Bons Meninos) arrecadou US$ 4,2 milhões, elevando o total arrecadado para 73 milhões de dólares na América do Norte.

Completando os cinco primeiros está The Lion King (Rei Leão), da Disney, com US$3,5 milhões. Após nove semanas nos cinemas, o remake arrecadou US$534 milhões nas bilheterias norte-americanas.