EUA e China assinam 1ª fase de acordo comercial

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o vice-primeiro-ministro da China, Liu He, assinaram nesta quarta-feira, 15, em Washington, a primeira fase do acordo comercial entre os dois países.

Em uma longa cerimônia na Casa Branca, Trump disse que o pacto é “histórico” e “corrige erros do passado”. “A fase 1 é um importante passo rumo a trocas comerciais corretas com a China”, afirmou o presidente dos EUA, acrescentando que visitará o país asiático “em um futuro não distante”.

Já Liu He leu uma carta do mandatário chinês, Xi Jinping, que diz que o acordo é “vantajoso” para os dois lados e “para o mundo”. O pacto foi anunciado em 13 de dezembro e determinou uma trégua na guerra tarifária entre as maiores economias do planeta.

O texto evita novas sobretaxas alfandegárias dos EUA contra importações chinesas, reforça as normas de proteção à propriedade intelectual e tecnológica e amplia o acesso de empresas e agricultores americanos ao mercado do país asiático.

A China se comprometeu a importar mais US$ 200 bilhões dos EUA pelos próximos dois anos para reduzir o déficit comercial americano nas relações bilaterais. As sobretaxas de 25% já vigentes contra US$ 250 bilhões em bens chineses permanecerão em vigor até o fim das negociações da “fase 2” do acordo.

(Ansa)