Carnaval: Primeira noite de desfiles de SP vai de Arlindo Cruz a Star Wars

Muriel Quixaba, a rainha da bateria da Colorado do Brás, primeira escola a desfilar na capital paulista

SÃO PAULO – A primeira noite de desfile do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo foi diversificado e levou ao Sambódromo paulistano uma homenagem ao sambista Arlindo Cruz, personagens de cinema dando colorido à festa, carros alegóricos luxuosos, e a lembrança de muitos que defenderam causas nobres em todo o mundo.

Veja a ordem dos desfiles:

Colorado do Brás
A primeira escola a desfilar, a Colorado do Brás, vai à avenida com o enredo Hakuna Matata, Isso é Viver. O tema faz referência a uma canção queniana que ganhou notoriedade com a animação Rei Leão. Porém, a versão da Colorado traz uma homenagem ao Quênia, à religiosidade dos orixás e à exuberância natural africana. No último carnaval, a escola ficou em terceiro lugar do grupo de acesso, garantindo a volta ao grupo especial deste ano depois de 25 anos.

Império de Casa Verde
Três vezes campeã do grupo especial, a Império da Casa Verde será a segunda escola a desfilar com o enredo O Império Contra-Ataca, em referência a uma das sequências do filme Guerra nas Estrelas. A letra relembra grandes clássicos do cinema, em homenagem à magia da sétima arte.

Mancha Verde
Oxalá, Salve a Princesa! A Saga de uma Guerreira Negra será o enredo da Mancha Verde deste ano. A escola relembra a beleza e a riqueza da África e o processo do tráfico negreiro, que trouxe milhões de pessoas ao Brasil escravizadas. A princesa homenageada é Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares, herói da resistência negra brasileira.

Acadêmicos do Tucuruvi
A Acadêmicos do Tucuruvi vem este ano com o enredo Liberdade… O Canto Retumbante de um Povo Heroico, em que retrata momentos de luta do povo brasileiro, desde a luta dos índios contra os conquistadores até a resistência à ditadura militar. Em 2011, a escola foi vice-campeã do grupo especial, o melhor resultado conquistado até hoje.

Acadêmicos do Tatuapé
Ganhadora do título do carnaval paulistano de 2017, a Acadêmicos do Tatuapé irá à avenida com o enredo Bravos Guerreiros. Por Deus, Pela Honra, Pela Justiça e Pelos que Precisam de Nós. O tema é uma homenagem à batalha diária dos brasileiros.

Arlindo Cruz desfilou acompanhado da esposa, Barbara Cruz Foto: Newton Menezes / FuturaPress
A participação de Arlindo Cruz emocionou os fuliões (Foto: Futura Press)

X-9 Paulistana
O sambista Arlindo Cruz, que fez 60 anos em 2018, será homenageado pela X-9. Com o enredo O Show Tem Que Continuar! Meu Lugar é Cercado de Luta e Suor, Esperança Num Mundo Melhor, a escola conta a trajetória musical do carioca.

Tom Maior
De onde vim? Pra onde vou? são as interrogações que inspiram o enredo deste ano da Tom Maior. Com o tema Penso… Logo existo – As Interrogações do Nosso Imaginário em Busca do Inimaginável, a escola passeia pela religião, misticismo, mitologia e ciência na busca pelas grandes respostas da humanidade.