Aeroporto de San Francisco tem porquinha para distrair e acalmar passageiros

Porquinha foi treinada para terapias

SAN FRANCISCO – A porquinha LiLou, de 5 anos, e sua proprietária, Tatyana Danilova, fazem parte de um programa do Aeroporto Internacional de São Francisco que leva animais de terapia ao terminal para animar os passageiros e ajudar a aliviar as ansiedades de uma viagem aérea.

Vestida com uma touca de piloto e com as unhas dos pés pintadas de vermelho brilhante, LiLou passa pelo detector de metais na segurança do aeroporto e corre para os portões de embarque. Ela saber levantar a pata para fazer uma saudação, posa para selfies e diverte os passageiros tocando “música” no piano de brinquedo.

“As pessoas ficam muito felizes em se distrair da viagem, de suas rotinas, quer estejam viajando em férias ou pelo trabalho”, disse Danilova.

Com agências